Hipotireoidismo

1- O que é hipotireoidismo?

É um grupo de doenças da tireóide em que a produção hormonal de T3 e T4 está reduzida. Tem várias origens como a falta de iodo na dieta (não no Brasil pois por lei todo sal de cozinha deve ser acrescido de iodo), doenças auto imunes (quando o organismo produz substâncias que atacam nossos próprios órgãos) e após procedimentos cirúrgicos na tireóide.

2- É uma doença comum?

Extremamente comum. No Brasil a principal causa é a tireoidite de Hashimoto, desordem auto imune, onde nosso próprio corpo “ataca” nossa tireóide, atrapalhando seu funcionamento. É mais comum em mulheres de meia idade, porém pode acometer qualquer pessoa.

3- E quais sintomas o paciente com hipotireoidismo têm?

São muitos. Os mais comuns são cansaço, fraqueza, sonolência, frio excessivo, pele seca, queda de unhas e cabelos, etc. Perceba que são queixas muito frequentes, logo é provável que você tenha vários destes e sua tireóide esteja normal. Por outro lado, muitas vezes o paciente não tem nenhum sintoma e tem hipotireidismo.

4- Hipotireodismo engorda?

Essa é uma pergunta polêmica. Ao contrário do que muitas pessoas falam, o hipotireoidismo não tem relação com obesidade. A confusão acontece pois são doenças muito comuns e muitas vezes temos uma paciente acima do peso e com disfunção tireoidiana. O que pode ocorrer nos casos mais graves de hipotireoidismo é um leve ganho de peso pelo inchaço (não passa de 3-4 Kg). Com o tratamento isso é revertido e o paciente retorna ao peso inicial. Importante frisar que no hipertireoidismo (leia mais aqui) a perda de peso acontece com frequência. Leia mais sobre hipotireoidismo e obesidade aqui.

5- É grave?

Caso não seja reconhecido e tratado sim. Os hormônios desta glândula são peça chave no metabolismo de todas as células. Logo a falta destes pode prejudicar gravemente todo o nosso organismo. A boa notícia é que o tratamento é simples e se for bem feito faz com que a  pessoa tenha uma vida inteiramente normal.

6- O hipotireoidismo tem cura?

Depende da causa. Se falarmos da forma mais comum, a tireoidite de Hashimoto, não. O tratamento visa a reposição dos hormônios em falta e não a cura, logo deve ser feito para sempre. Entretanto como já foi dito, a reposição é bem tolerada e se feita da forma correta não trará nenhum prejuízo. Existem outras causas de hipotireoidismo que podem ser transitórios, ou seja, o nosso próprio corpo resolve o problema sozinho. Converse com seu médico para saber que tipo de hipotireoidismo você tem.

7- O tratamento é caro?

Não. Consiste na tomada de um comprimido por dia em jejum e geralmente o custo não sai mais do que R$ 10,00 por mês. Existem várias marcas no mercado, o que ajuda na concorrência e na queda de preços.

8- Conheço várias marcas, qual a melhor?

O princípio ativo é a Levotiroxina, hormônio que nós mesmos produzimos. Já foram feitos vários estudos mostrando que várias marcas têm qualidade. A única recomendação é que não se troque o laboratório, pois existem flutuações normais na concentração do remédio entre elas. O mesmo raciocínio é feito com a medicação genérica. Escolha uma marca com seu médico e não troque, mesmo que na farmácia digam que é a mesma coisa.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s